jun 29

Em tempos em que redes sociais imperam e que todos os serviços online têm um cadastro que inclui fotos, é sempre bom ter em nossa caixa de ferramentas algo que nos permita oferecer ao usuário uma maneira de selecionar em suas fotos a área desejada. Lembro de ter visto isto pela primeira vez em uma das atualizações do Orkut. Na ocasião, fiquei maravilhado como seria possível fazer aquilo online, como se estivesse num Photoshop ou Gimp.

O JCrop

Há um plugin jQuery surpreendente para este trabalho: o Jcrop. Com ele, é possível marcar uma área sobre a foto, com um comportamento idêntico ao crop de qualquer editor de imagens. Leia mais »

mai 11


Afinal, o que é o 4Shared? Muitos acham que é só mais um entre tantos sites que permitem publicar arquivos grandes, ou um lugar onde se encontra de tudo que se precisa, os chamados “one-click-hosting”. Nesta categoria, conhecemos um sem-número de opções, como o Rapidshare, Megaupload, e muitos, muitos outros.

Quer uma lista completa? Ok, outro dia eu posto os mais de 100 que eu já andei analisando. Por enquanto, os mais conhecidos:

  • Mediafire
  • Megaupload
  • Rapidshare
  • Easy Share
  • Badongo
  • Fileserve
  • Hotfile
  • Zshare.net

Então, em que o 4Shared pode ser útil?

Leia mais »

abr 15

Que todos vamos terminar na nuvem, não há nenhuma dúvida. Não precisa ser um profeta ou evangelista muito competente para prever ou pregar isso. O Google Docs é um serviço completo, gratuito e, em minha opinião não deixa nada a dever ao Microsoft Office. Porém, parece ocorrer com o Docs o mesmo que ocorre com as demais suítes de aplicativos (muitas delas gratuitas): o “vício” do usuário em Microsoft Office acaba atrapalhando a adesão de novos usuários.

Eu não troco a praticidade de ter e editar meus documentos em qualquer lugar usando o Docs pelo meu hábito em usar o Office. Nem preciso falar de preço: não é todo mundo que tem R$200,00 pra pagar num Office Home & Student

A ideia agora une os dois mundos: Que tal editar os documentos no velho conhecido ambiente do Microsoft Office e estes documentos serem compartilhados com outras pessoas que podem editar ou somente ver tais arquivos? Além do mais, poderíamos tê-los imediatamente após a edição disponíveis na nuvem no ambiente do Google Docs. Interessante, não? A mágica por trás disso chama-se Google Cloud Connect.

Leia mais »

abr 11

Hoje em dia, pendrives fazem parte de nossa rotina. Precisamos sempre de arquivos conosco, seja de trabalhos, fotos, filmes ou qualquer outra coisa. Mas existem opções talvez mais seguras e fáceis de usar, dependendo da aplicação, por exemplo, o Dropbox.

Para mim, Dropbox funcionou como o “pendrive killer”. Não sinto falta de nenhum dos três. Só uso para músicas no som do carro (e só enquanto os sons de carro não acessarem o Dropbox!).

Leia mais »

fev 11

Um de meus maiores e repetitivos tormentos era resolver o problema de upload de arquivos.  Depois de reescrever os códigos umas dezenas de vezes, resolvi padronizá-lo e usar sempre o mesmo. A minha caixa de ferramentas de upload em ASP é composta dos seguintes itens:

Juntando estas peças de uma maneira simples, nunca mais upload foi um problema para mim.

Leia mais »

fev 05

Virtualização é uma ferramenta muito útil e extensamente difundida atualmente. Em desenvolvimento de aplicações, existem inúmeras utilidades, que vão desde o teste das aplicações em diversas versões de ambientes até a integração de elementos nativos de sistemas operacionais diferentes.

Eu utilizo no dia a dia ASP (plataforma Microsoft) acessando banco de dados MySQL (nativo do Linux) e prefiro manter cada coisa em seu lugar. Então, para ter o ambiente MySQL, eu uso uma máquina virtual bem modesta em meu computador de desenvolvimento, algo como 10GB de disco e 256MB de RAM, o que é mais do que o suficiente para o que eu preciso.

Eu usei por muito tempo o Virtual PC da Microsoft, a despeito da maioria, que prefere VMWare a qualquer outra solução. Hoje, eu uso o Microsoft Virtual Server 2005 R2 SP1, por ser muito mais leve que outras plataformas que testei (e, naturalmente, por ser gratuito).

Só que recentemente eu enfrentei um problema interessante: o Virtual Server não instala no Vista Home Premium, a versão que veio instalada no meu notebook. Por algum tempo dei o caso como encerrado e continuei usando o Virtual PC, mas resolvi, por curiosidade, pesquisar sobre o assunto.

Leia mais »

fev 02

A informática imita a arte, que imita a vida: nem tudo se cria, quase tudo se copia. De fato, é bem mais fácil trilhar por caminhos que já foram traçados, mas que com certeza levarão aonde os outros já foram.

Não é necessário falar sobre o tamanho da Google, que leva até mesmo a nós, que não temos a menor ideia do que significam tantos zeros ao lado de um número, a entender que ela vale milhões de dólares, tão valiosos quanto o seu capital humano e sua capacidade de inovar.

Pois bem, a história agora é mais ou menos esta: engenheiros da Google começaram a desconfiar que o Bing estava vindo no Google, em tempo real, dar uma espiadinha no que o seu concorrente maior estava voltando como resultado da busca. Isto começou com a palavra tarsorrhaphy, que vem a ser uma rara cirurgia óptica. Os engenheiros estavam analisando o retorno da palavra digitada incorretamente (torsorophy), que no Google estava retornando para o resultado real e no Bing não retornava nada. Pouco depois, a mesma palavra errada estava, no Bing, retornando para o mesmo resultado do Google. Leia mais »

jan 24

Que tal usar a plataforma do melhor webmail do mundo em seu domínio (@suaempresa.com.br) gastando bem pouco?

Eu, que vivo na internet, acho interessante a apologia que fazem aos ‘implementadores certificados’ do Google Apps em empresas. Sempre tratam do assunto como se fosse uma das coisas mais inexequíveis da área de computação. Sei que isso é item de consultorias e prestação de serviços por aí afora, até porque eu também faço isso, mas implantar isso é tão fácil que chega a dar agonia. Reconheço que o passo a passo é longo, mas nada que requeira nenhum conhecimento técnico mais avançado.

Pois bem, vamos aproveitar 50 contas de e-mail, mais uma penca de coisas gratuitas, usando a estrutura à prova de balas do Google? Leia mais »

jan 21

É comum aplicações WEB requererem dos usuários entradas em texto formatado. Por exemplo, um sistema de CMS, editor de notícias ou qualquer outra coisa que pareça com um blog, mas que não dê para usar o WordPress. :)

Leia mais »

jan 18

Eu nunca tinha nem me interessado em conhecer o WordPress. Tinha preconceito, por achar que era plataforma de quem não sabia programar… Como eu tenho medo de ser preso por preconceito, resolvi conhecer a famosa instalação em 5 minutos. No meu caso, levou um pouquinho a mais tempo, acho que em torno de 50…

Quando eu carregava a página de instalação, vieram aquelas perguntinhas iniciais e depois… o step2. Apareceu a logo do wordpress numa tela vazia e nada mais. Fui ver o que tinha acontecido no MySQL e percebi que algumas tabelas haviam sido criadas. Apesar de não saber nada sobre o assunto, eu imaginei que o WordPress usava mais do que aquilo, além de estranhar que todas estavam vazias. Leia mais »